Finjutsu – A Arte da Enganação

O que é a Arte do "Fin Jutsu"?

A Arte do Finjutsu encontrada em diversos lugares é a Arte Marcial da Enganação

O Finjutsu ou a "arte da enganação", está intimamente ligada a "Picaretagem", e esta é a definição de uma pessoa de má índole, um charlatão, bandido ou pilantra.

No caso das artes marciais, há uma enorme variedade de estilos de lutas nada convencionais.

Em miúdos: o Finjutsu é a arte de fingir e enganar futuros adeptos as artes marciais.

Mas quem são estes pseudo-mestres do "Finjutsu" e como eles agem?

Instrutor de Artes Marciais do Finjutsu - A Arte Marcial da Enganação

São pessoas dotadas da habilidade de persuasão que ludibria pessoas através de estórias que até mesmo o próprio inventor acredita em tal fato narrado por ele.

Com relação as artes marciais, eles afirmam serem ex-aprendizes de "velhos orientais" que lhes passaram "conhecimentos secretos" e "golpes infalíveis".

Ou então, afirmam serem aprendizes de técnicas Shinobi, que resgataram um velho estilo situado em um pequeno país asiático pouco conhecido pelas pessoas.

Por mais ridículo que pareça, suas escolas de Finjutsu são rapidamente infestadas de adeptos dispostos a aprender tais "técnicas milenares".

Basta apenas que, o suposto mestre, ofereça o objeto de desejo de seus alunos, através de seus discursos vazios, inflamados e com toques de ocultismo espiritual.

Assim, seu "adepto" se tornará um fervoroso seguidor, pronto para defendê-lo a qualquer custo dos ataques de futuros críticos.

O Finjutsu é algo tão poderoso que o impostor está praticamente protegido pelos que creem em suas falácias.

Tipos de "mestres" do Finjutsu

Mestre do Finjutsu - A Arte Marcial da Enganação

O CLÁSSICO 

É o típico leigo que nunca treinou artes marciais na vida utilizando-se de filmes de kung-fu, livros e revistas de artes marciais para aprender a chutar e golpear.

Boa parte encontra-se em cidades do interior ou bairros humildes, as vítimas preferidas são jovens e aficcionados em artes marciais, filmes asiáticos de luta, mangás e animes japoneses.

Ganha dinheiro promovendo exames de graduação, cursos e seminários sempre sendo o principal responsável por tudo.

O PROSELITISTA

Resume-se aquele indivíduo que transforma seu Finjutsu quase que numa religião, fazendo lavagem cerebral em suas vítimas.

O CORPORATIVISTA

No geral, já praticou várias artes marciais, misturou o que aprendeu e passa a utilizar essa invenção como uma arte marcial.

São "artes marciais" repletas de armas japonesas e chinesas, recheadas de lendas e mitos da cultura oriental.

Em muitos casos o esquema é criado em grupo composto por outros ex-praticantes.

Sua principal finalidade é realizar exames de graduação sob o sistema de pirâmides. Com isso, promovem cursos, eventos do tipo "encontro dos mestres".

O FALSÁRIO

Este afirma ter praticado algum estilo famoso ou clássico, porém tudo isso não passa de puro "finjutsu".

Seus instrutores sequer existiram; e seus certificados - aparentemente escritos em caracteres chineses e japoneses - são forjados com uso do Photoshop.

Criam federações e associações para promoverem suas artes marciais e oferecem até cursos de graduação rápida com certificação.

Existem também aqueles instrutores filiados em entidades regulares que apenas lucram com exames de graduação e formação instantânea em cursos voltados para estudantes de Educação Física, sob a chancela do CREF.

Por sinal, existem muitos mestres de Finjutsu filiados ao sistema Cref/Confef que promovem cursos em faculdades de Educação Física etc.

Como combatê-los?

Foto para exemplificar um falso instrutor ou mestre picareta do Finjutsu

Desmascará-los é quase impossível.

A técnica principal do "Finjutsu" é a de manter seus seguidores sempre argumentando em cima de supostas filosofias milenares extraídas sabe-se lá de onde.

Até mesmo quando comprovada sua fraude, o pseudo-mestre reafirma suas alegações acrescentando mais argumentos inventados.

Desta maneira, seus seguidores tomam a iniciativa de defendê-lo; e isto inclui aqueles que se beneficiam de suas artimanhas.

A principal alternativa é a informação.

Só se desmascara um mestre de "Finjutsu" quando sabemos a verdadeira origem das artes marciais que procuramos.

Existem muitos desses "mestres" que criam certas "gambiarras marciais".

Misturam armas japonesas, técnicas chinesas, roupas ninja, chutes coreanos, e, tudo isso, regado a estórias mirabolantes sobre antigos guerreiros. Isso quando não se utilizam de doutrinas religiosas pouco conhecidas.

Instrutor de Finjutsu
Esse post tem a finalidade de prevenir leigos que, movidos pelo interesse em aprender artes marciais como filosofia ou como atividade, se veem envolvidos em um grupo de malandros e enganadores.

Fonte: http://perolasmarciais.blogspot.com.br/


error: Todo o conteúdo deste site está protegido!